Genebra, Genève ou Geneva – Parte 1

GUEST (1)

Não importa em qual língua é falado o nome dessa cidade, é sim uma das cidades mais caras e mais visitadas do mundo, ah digamos que habitadas também. Vamos combinar que mais ou menos 40% da população que habita Genebra é estrangeira, é uma cidadezinha tão pequena que isso é muiiiiiiita coisa. Então pensando nisso, eles estão barrando muiiiiito estrangeiro de tirar qualquer tipo de Permit,ou seja, uma autorização para permanecer no país legalmente, tem vários tipos de permit’s,mas esse post não é pra explicar sobre isso. Não estamos falando apenas de história, ou atualidade histórica, o que você preferir. Estamos falando de quem tem vontade de visitar ou morar por aqui. Antes deu pular para o próximo parágrafo não menos interessante que esse, explicarei os três nomes do título, apenas por capricho. Genebra é em português, Genève é em francês e por último mas não menos importante Geneva,inglês. Já peço desculpas desde já pelo post não estar totalmente completo e com fotos não completamente bonitas como eu desejaria (mas logo mais tem mais Posts sobre Genebra).GUEST (3)

Isso foi uma tentativa de uma foto da Place de Cornavin (Praça de Cornavin), a praça é bem em frente a estação, só atravessar a avenida, não tem erro. Cornavin é a estação de trem principal a qual falarei logo após. Essa “praça” não é uma praça como conhecemos no Brasil, mas não deixa de ser uma praça. Tem vários cafés conhecidos e outros nem tanto, mas que também são gostosos. Alguns exemplos e experiências:

starbucks-new-logo-vector_34-52414

  • Starbucks – Olha, é uma delícia porém o preço é meio salgado. Estou falando para mim, que vivia lá e eu recebia em CHF (Franco Suíço, o dinheiro oficial da Suíça). Então pera lá, vamos combinar, é caro. Imagina para o brasileiro que vem de fora, transforma o real em franco para poder usar aqui. Mas não nos iludiram em nada, pois é uma das cidades mais caras do mundo, porém sem muitos espantos. Acho que tem as mesmas coisas que no Brasil, não saberei informar muito bem, pois em Vitória/ES (onde vivi e nasci) não tem nada de tal de Starbucks,então já sabem que quando eu cheguei fiz a pobre que se acha e fui lá tirar foto para postar no Instagram.

    Coisa séria, sim eu falo demais. Aqui tem sérios casos de PICK POCKETS (batedores de carteira) e o Starbucks é um dos pontos principais que ocorrem isso, é só esperar na fila e quando chegar no caixa, cadê a carteira? Escolher uma mesa, deixar a bolsa e ir pegar um canudo, beijos celular. Não é porque estamos na Europa que podemos dar mole. Avisam dentro dos visores dos tram’s (tram’s são uma espécie de bondinho, porém bem sofisticado. Não é nem um trem e nem um metrô, se posso explicar assim?!). Por todo o centro eu contei uns 5, a cada esquina tem um.


    cofe

  • McCafé (McDonald’s) – Eu não curto, acho tudo muito doce, ou muito sem doce, não é caro, é até de boa. Tem uns “kits” bem legais. Lembro que fui lá com minha mãe e pedimos um kit que era um café expresso, um suco de garrafinha, um croissan, um pãozinho de grãos e duas geleias que eram uma de morango e outra era mel, tinha algumas opções a mais. Geralmente os dois são juntos McD e McC. Tomei um mojito sem alcóol pois era novidade. HORRÍVEL ! Não tenho muito o que falar.
  • Café do Bigode – Eu não sei o nome, mas é muiiiiiito fofo, aqui é bem de costume todos sentarem ao ar livre para tomarem seus cafés. Tomam café pra tudo aqui, ou bebida quente, chá, chocolate quente e etc. Mas as cadeiras são preta, cinza, bege. Esse café não é tuuudo colorido, e os copos todos vem com bigodes, desenhados em tudo, o vidro da loja tem bigodes, tem kits com bolsas ecológicas do Café e tudo mais com BIGODES, até hoje num sentei lá pra tomar algo, mas fico devendo uma fotinha me acabando lá em outra oportunidade da vida.

Nessa praça também tem loja de TODAS as operadoras principais e também uma loja que infelizmente esqueci o nome, mas fica do lado do Café de Bigode e vende TODOS OS CELULARES e TODAS AS OPERADORAS, é tipo uma loja faz tudo. Mas só para celular, vende todos os acessórios e tudo mais. Acho importante tudo isso pois celular é vida, e lá tem UM cara que fala inglês super bem e é um gato. Quando fui lá, ele foi brincalhão e tudo, um fofo. Eu uso uma das operadoras mais famosas aqui, mas não tenho internet no celular, praticamente nem precisa, quase todo lugar que vamos tem WI-FI disponível Só um sonho no Brasil.


Esse foi só o inicio da série de Posts sobre a Europa,uma pequena introdução para o que está para vir,a nossa amiga Marisa tem muito mais para nós,fiquem ligados e semana que vem tem mais, vou só dar um spoiler :

Semana que vem ela falará de outros pontos turísticos com a Place Bel-Air e o Museu do Relógio.

GUEST (4)

FACEBOOK | INSTAGRAM

Anúncios

3 comentários sobre “Genebra, Genève ou Geneva – Parte 1

Miau!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s